Corpo de primeira-dama de Barreiras do Piauí é velado em Batalha

0
81

Amigos e familiares descartam suicídio

O corpo da primeira-dama de Barreiras do Piauí, Crisleyde Sousa, 29 anos, está sendo velado no município de Batalha, sua terra natal, onde chegou no início da tarde deste domingo após ser liberado pelo Instituto Médico Legal (IML).

Crisleyde estava só em sua residência, na noite de sexta-feira (13), quando um disparo foi ouvido por moradores das imediações e suas amigas a encontraram morta, com um tiro na cabeça.

O delegado regional de Corrente, Danilo Barroso, declarou ao Portal Corrente que as informações sobre o caso somente serão dadas pelo delegado geral Riedel Batista. A perícia esteve na residência onde ela foi encontrada morta durante o sábado e o laudo médico sobre a causa da morte deve ser divulgado em 15 dias.

Em matéria divulgada pelo Portal AZ, familiares e amigos de Crisleyde desmentem a informação de que ela teria depressão. “Ao contrário, vivia de bem, alegre, cheia de planos. Horas antes de ser encontrada morta estava animada conversando sem apresentar nenhum sintoma de depressão”, contou uma amiga dela, que pediu reserva do nome, mas que cobra da polícia a explicação da origem da arma encontrada ao lado do corpo. “A quem pertencia aquela arma?”.

Crisleyde era filha de Maria José Trindade, natural do município de Batalha, ao norte do Piauí. No meio social e familiar dela qualquer assunto relacionado com depressão é descartado. Cheia de vida, Crisleyde não tomava remédios controlados, nunca buscou ajuda a profissionais da área.

Fonte: Portal Corrente

DEIXE UMA RESPOSTA

Comente
Por favor digite seu nome